Bateria mais eficiente

Uma equipa de investigadores de Stanford desenvolveu uma bateria capaz de "sobreviver" a 40.000 ciclos de carga/descarga (cerca de 100 vezes mais que as baterias de lítio-ião) e manter 80% da sua capacidade inicial. a nova bateria baseia-se em nanopartículas cristalinas de hexacianoferrato, um composto de cobre. A estrutura atómica dos cristais tem uma configuração aberta que facilita o movimento dos iões sem danificar o eléctrodo. Para além de aumentar o tempo de vida útil da bateria, este "pormenor" torna o ciclo de carga muito mais rápido.
As novas bateriais ainda necessitam de mais desenvolvimento. Os protótipos testados em laboratório são ainda demasiado volumosos.

%d bloggers like this: