Ecrãs mais baratos

imageA nanotecnologia permite fabricar ecrãs tácteis mais baratos. Uma equipa de investigadores do Instituto Fraunhofer para Engenharia de Produção e Automação desenvolveu ecrãs tácteis fabricados com nanotubos de carbono e prepara-se para os apresentar na feira Nano Tech, em Tóquio (16 a 18 de Fevereiro). A sensitividade dos ecrãs tácteis advém de um finíssimo eléctrodo ITO (indium-tin-oxide) sob o vidro. O índio é um metal raro e "estratégico", o que constitui uma limitação e um constrangimento de custo para a generalização dos ecrãs tácteis. Os investigadores do Instituto Fraunhofer procuraram e encontraram uma alternativa igualmente eficaz mas muito mais económica. O novo eléctrodo é um filme fino formado por uma camada portadora de PET (politereftalato de etileno, a mesma matéria-prima das garrafas de refrigerantes e águas) sobre a qual é aplicada uma mistura de nanotubos de carbono (que adicionam estabilidade e durabilidade) e polímeros condutores.

%d bloggers like this: