Calha porta-cabos para rotação contínua

image A calha C, apresentada pela igus na feira de Hannover pode alimentar, em circulação contínua, grippers, sistemas de sensores e outros elementos, com energia, dados e fluidos. É a primeira calha porta-cabos articulada para rotação contínua, ideal para manipuladores, sistemas robotizados, aplicações de pick-and-place, etc..  Sem movimentos desnecessários de retorno, com a circulação contínua, a calha C pode ir  directamente para a posição seguinte, carregar ou descarregar, colar, furar etc. O baixo peso e a fiabilidade viabilizam velocidades até 8 m/s. Isto permite executar máquinas com tempos de ciclo mais rápidos.

A nova calha C é composta por uma calha porta-cabos articulada em plástico de baixo atrito e uma junta rotativa interligada. Funciona de uma forma suave e isenta de vibrações, com a parte superior apoiada quando necessário. O novo sistema oferece espaço suficiente para colocação de condutores, por exemplo, um cabo de servo-motor/potência, um cabo de comando, um cabo bus ou ainda um cabo óptico ou um tubo de ar ou gás. Todos os cabos ou tubos necessários para potência, dados ou fluidos são alojados neste guia compacto que pode ser fornecido pela igus como módulo completo e pronto para integração na máquina, transportador ou outro sistema. Pode ser instalado em diversas posições de montagem.

Com o novo sistema da igus é possível configurar dispositivos contínuos, de manipulação, armazenamento ou alimentadores. No ponto central encontram-se ligados todos os carros da calha articulada, sendo possível endereçar cada carro individualmente com tecnologia de bus. Os respectivos sinais são recepcionados a fim de se poder trabalhar como se desejar, por exemplo, com válvulas pneumáticas, motores eléctricos ou sensores. Cada carro pode ser comandado individualmente podendo numa posição pré-definida efectuar imediatamente as suas tarefas. Em função das especificações do cliente é possível efectuar cursos com 30 metros e mais. Podem ser ligados à calha articulada vários carros diferentes a circularem continuamente. Estes podem alimentar, por exemplo, pinças, ventosas ou electroímanes, que recebem permanentemente peças, pegam, ajustam e voltam a pousar. Ou por exemplo para ferramentas de rodar, fixar, colar ou furar. A aparelhagem de controlo e comando pode também ser fornecida ao carro, de forma compacta num sistema seguro, por exemplo desde os leitores de códigos de barras, o reconhecimento de cores até aos leitores RFID.

%d bloggers like this: